Iniciação no Triathlon: a importância de começar devagar

Iniciação no Triathlon: a importância de começar devagar

Iniciação no Triathlon: a importância de começar devagar

O que tenho visto muito hoje em dia são pessoas começando no Triathlon com provas longas e sem nenhuma experiência anterior. Lógico que se pode realizar uma prova de Meio Ironman ou Ironman sem ter passado por provas menores, mas na minha experiência como triatleta e treinadora, acredito ser de fundamental importância o atleta vivenciar as experiências do Short e Triathlon Olímpico.

A conquista de uma ótima prova é através da experiência e de longos anos de treinamento e dedicação. No triathlon precisamos estar bem preparados nas três modalidades, natação, ciclismo e corrida e a harmonização das três modalidades requerem tempo e paciência. O corpo demora para assimilar os treinamentos, as transições e toda especificidade de cada modalidade. É preciso enxergar o esporte como sendo um só e não três esportes diferentes.

Uma prova de Triathlon Olímpico é tão importante como uma prova de Ironman. Tudo vai depender do seu objetivo e de como você vai treinar e se dedicar. Não se esqueça que quanto mais treinamos mais precisamos descansar. É fundamental em qualquer treinamento ter uma boa noite de sono, uma boa alimentação e uma planilha de treinos adequada ao seu objetivo. Se você está iniciando tome cuidado para não ultrapassar o seu limite e para não treinar demais, achando que isso vai melhorar sua performance. Acredite, não vai! O corpo pode suportar inicialmente treinamento com altas cargas, mas com certeza vai cobrar um preço alto por esses excessos. Lesões e fadiga crônica são comuns no Triathlon. Tenha paciência com os treinos, preste atenção aos sinais do seu corpo, comece com provas curtas e vá evoluindo aos poucos e principalmente tenha um bom treinador ao seu lado.

Rosi Martinelli
5wayscoaching